sexta-feira, 30 de maio de 2008

Quero ter uma banda só de meninas

Taí uma coisa que nunca tive, apesar de ser mulher e tocar bateria. Mas a vontade surgiu hoje ao ver/ouvir as oportunistas garotas suecas do Those Dancing Days. Elas conseguiram divulgar a banda de uma maneira inusitada: estão leiloando um beijo no eBay. Mas o dinheiro vai para a caridade, claro. Esta maneira heterodoxa de divulgação causa uma má impressão, mas a banda é legal.



A baterista é a banda. Para quem acha que mulher não sabe tocar bateria* , ela dá um caldo. A tecladista é uma fofa e suas criações no teclado também são essenciais nas músicas. E a vocalista sabe muito bem como olhar para a câmera (e conquistar o público sem ele saber). Saber liderar é uma característica que (quase) todo vocalista deveria ter. Fora que elas têm um estilo incrível (alô meninas indies de plantão, é muito mais legal copiar os looks delas do que os da Lovefoxxx).



Para quem acha que eu estava mentindo quando falei que a baterista é legal, taí a banda ao vivo.
Como eu ainda não tenho credibilidade, vou linkar uma resenha que o Kid Vinil fez das garotas.


* Se você é um idiota que pensa isso, nunca ouviu Yo La Tengo.

2 comentários:

laila disse...

como nao tenho seu email vim responder por aqui...não conheço não esse bolo..será q esta no si da ana? vou procurá-lo. obrigada pela dica!! bjs

Miss Kitchen disse...

eu também sempre quis uma banda de meninas... mas quem são essas meninas? e por outro lado... quem aguenta tanta mulher junta? (ou devo dizer junto?). muito homem junto também é difícil. ou não. depende das pessoas. bom, pelo menos tenho uma banda com ótima baterista, e nós duas cuidamos da cozinha (trash pour 4). se um dia você realizar seu sonho e quiser baixista e/ou vocalista, da um grito.